Luca


Note: This is a backup for this entry on no-prato, for my own indexing purposes.

O Luca é um restaurante italiano com um interior de design limpo, arejado e contemporâneo sito defronte do Hospital de Santa Marta (por detrás da Av. da Liberdade) desde o Outono de 2004.

Dividido em duas zonas principais (uma área de mesas ao nível do chão e uma varanda com vista sobre a reluzente cozinha), o espaço convida à descontracção e convívio, e a boa disposição e excelente atendimento do pessoal garantem um bom início de refeição.

A vertente experimental da cozinha do Luca torna-se imediatamente patente nos aperitivos (shots de vichyssoise e afins que vão sendo alterados periodicamente) e na leitura da carta, onde, para além de variantes das tradicionais entradas se pode encontrar, por exemplo, tempura de gambas e vegetais.

Para além de uma boa variedade de pratos de massa (e, agora que penso nisso, a feliz ausência da estereotípica pizza, que não me lembro de ver incluída na carta), e carnes, o Luca tem, não uma, mas três variedades de risotto (à base de carne, frutos do mar e vegetais), de onde o risotto à base de vegetais - coberto com telha de presunto e temperado com hortelã - emerge como um dos deliciosos exemplos de criatividade culinária de que podemos desfrutar.

Nas sobremesas a escolha é igualmente difícil, mas o coulant de avelâ com gelado de maracujá destaca-se pela originalidade e subtileza da combinação de sabores, e é vivamente recomendado.

A reserva, claro, é indispensável, e grupos na ordem de 8 pessoas parecem ser ocorrência habitual. Se o grupo for mais reduzido e preferir um ambiente mais recatado, a varanda é o ideal.